Pesquise no Blog do Boratrampar!

Atitudes que fazem a diferença

Postado em 30/08/2017 - Texto de Vanessa Guimarães


Categoria: Trabalho em grupo


Atitudes que fazem a diferença

Você conhece a história do fazendeiro e do agricultor? Essa história antiga é atemporal e serve como metáfora para várias empresas que não focam na qualidade do atendimento ao cliente, bem como nos funcionários que não enxergaram ainda a importância de atender bem e fazer networking. O nosso trabalho - seja ele qual for - é uma vitrine. O tempo todo estamos sendo observados. Realize um bom trabalho, deixe a sua casa sempre arrumada, trate todos bem, esbanje simpatia e faça a diferença. Lembre-se: o mesmo caminho só leva aos mesmos lugares. Vamos fazer diferente?

Existia uma fazenda onde os trabalhadores viviam tristes e isolados. Os trabalhadores estendiam suas roupas surradas no varal e alimentavam seus magros cães com o pouco que sobrava das refeições.

Todos os que viviam lá trabalhavam na fazenda de um senhor rico e poderoso chamado seu Gralhardo. O fazendeiro era dono de muitas terras e exigia que todos trabalhassem muito duro, pagando-os pouco.

Um dia chegou um jovem e humilde agricultor em busca de trabalho. Ele recebeu, como todos os outros, uma casa velha e suja para morar. O jovem, vendo o imóvel tão mal cuidado, resolveu dar ao novo lar uma vida nova. Ele pegou uma parte de suas economias, foi até a cidade e comprou algumas latas de tinta.

Chegando em casa, em suas horas vagas, cuidou da limpeza, lixou e pintou as paredes com cores alegres e brilhantes, cuidou do jardim, fez uma horta e colocou vasos de flores nas janelas.

A casa limpa e arrumada chamou a atenção de todos que passavam. O jovem sempre trabalhava feliz e sorridente na fazenda. Os outros trabalhadores perguntavam-lhe "como você consegue trabalhar feliz e sempre cantando com o pouco dinheiro que ganhamos?", ao que o jovem respondia "Bem, este trabalho, hoje, é tudo o que eu tenho. Ao invés de reclamar prefiro agradecer por ele. Quando eu aceitei o trabalho eu já sabia de suas limitações, então não é justo agora que estou aqui ficar reclamando. Eu o aceitei e farei tudo com capricho e amor". Os colegas o olharam admirados. Como ele podia pensar assim? Afinal, acreditavam ser vítimas das circunstâncias, abandonados pelo destino.

O entusiasmo do rapaz em pouco tempo chamou a atenção de seu Gralhardo, que passou a observá-lo à distância. Um dia o fazendeiro pensou "Alguém que cuida com tanto carinho e cuidado da casa que emprestei, cuidará também com o mesmo capricho da minha fazenda. Ele é o único que pensa como eu. Eu estou velho e preciso de alguém que me ajude na administração da fazenda".

O fazendeiro foi até a casa que o rapaz morava e, após tomar um café fresco, ofereceu ao jovem um emprego de administrador da fazenda.

O rapaz prontamente aceitou. Seus amigos agricultores novamente foram perguntar-lhe "o que faz com que algumas pessoas sejam bem-sucedidas e outras não?" e a sua resposta foi "não existe uma realidade pronta, existe no homem a capacidade de realizar".

Se você quer ver mudanças na sua vida, trabalhe com o que você tem, sem esperar as coisas serem solucionadas por si só. Suas atitudes fazem a diferença. Quem persiste e trabalha duro tem mais chances de atingir seus objetivos.

Conheça a Vanessa Guimarães no Linkedin


Categorias